Releases Releases

Voltar

Sicoob encerra 1º semestre de 2018 com crescimento de 20% em operações de crédito

O desempenho no primeiro semestre de 2018 do maior sistema financeiro cooperativo do país, o Sicoob, foi positivo e manteve o patamar elevado dos números para o período, apesar da lenta recuperação da economia brasileira. Em operações de crédito, foi registrado a marca de R$ 46,8 bilhões o que representa um avanço de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os ativos chegaram a 97,1 bilhões com acréscimo de 16,3%.

As cooperativas do Sistema encerraram o 1S17 com lucro líquido (sobras) de R$ 1,6 bilhão, um crescimento de 32,2% em relação ao mesmo período de 2017. Outro número relevante é o de novos cooperados: 427 mil, uma alta de 11,5% no período.

Atualmente, mais de 4,1 milhões de pessoas contam com o amplo portfólio de produtos e serviços financeiros oferecidos pelas cooperativas. A rede de atendimento também cresceu e chegou a 2.769, um acréscimo de 143 novas agências, o que representa um aumento de 5,4% em relação período anterior. Consequentemente, a oferta de emprego avançou em 15,1% no Sistema, número positivo diante do cenário de desemprego que o país enfrenta.

O patrimônio líquido somou R$19,8 bilhões, uma alta de 18,3% se comparado ao primeiro semestre de 2017. Os depósitos do Sistema somaram R$ 60,1 bilhões, aumento de 12,2% em relação à 2017, com destaque para os depósitos à vista que evoluiu 31,1%   e poupança que cresceu 31,5%. Os depósitos à prazo avançaram 12,5%.

 

Taxas de Juros e Spread

O Sicoob registrou taxa média de juros no crédito pessoal de 2,18% ao mês (29,54% ao ano), enquanto a média do mercado foi de 3,1% ao mês (43,9% ao ano).

Os juros médios cobrados pelas instituições financeiras no cheque especial e no cartão de crédito rotativo ainda estão próximos da marca dos 300% ao ano, bem elevadas em comparação com outras linhas de crédito e também em comparativo com o Sicoob.

Destaque para a taxa de cartão de crédito parcelado do Sicoob, que apresenta diferença de 200,7% em relação a média das instituições financeiras.

As instituições financeiras reduziram em média 88 p.p. dos juros do rotativo do cartão de crédito por conta de medidas no ano passado pelo governo, e recentemente novas regras foram anunciadas para uso do cheque especial, que entraram em vigor no mês de julho.

O Sicoob se destaca ao longo dos anos com juros bem abaixo da taxa praticada no mercado, sempre implementando as ações de mercado, estimulando o bom uso do produto entre os cooperados e a educação financeira na sociedade brasileira.

 

 

 

 

 

 

 

 

Taxas médias de juros - Pessoa Física

 

Fonte: Banco Central do Brasil e Sicoob Confederação.

Nota: (1) Diferença percentual entre a taxa média praticada pelo SFN e pelo Sicoob.

 

 

 

 

Destaques do Sicoob

O Sicoob foi destaque em vários indicadores do anuário Valor 1000 – maiores empresas (revista valor Econômico). O ranking tem como base as informações financeiras de grandes empresas do país, por meio de levantamento de demonstrações contábeis com o parecer de auditores independentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

*Balanço consolidado ou combinado data-base dez/2017.

** Instituições com ativo total igual ou superior a 0,25% do ativo total somado dos 100 maiores bancos. Balanço consolidado ou combinado (inclui a participação minoritária no patrimônio líquido), data-base dez/2017.

 

O crescimento das operações de crédito do Sicoob (20% de crescimento anual) acima da média do sistema financeiro nacional (1,7%), tanto pessoa física (6,2%) quanto pessoa jurídica (-3,1%).

Outro ponto importante a destacar foi o crescimento das sobras de 46,1%, se comparando ao mesmo período do ano anterior.

O Sicoob ainda contribuiu para a redução do desemprego no País, movimento contrário à realidade brasileira, ao expandir em 7,4% os postos de trabalho, gerou 4,4 mil empregos novos em sua área de atuação, passando de 30 mil para mais de 34 mil brasileiros no quadro funcionários (empregados e dirigentes), crescimento de 15,1%, uma tendência contrária ao mercado de trabalho no Brasil.